12 junho 2007

Acordei


Acordei pensando e ejaculando vontades.
Você virou-me as costas.
Era tudo o que eu queria.

4 comentários:

Klotz disse...

Coloquei este mesmo texto no Orkut, Comunidade Bar do Escritor e lá eu tive esta receptividade:

1-Roderick Usher – 14 Mar Safadinho. Hehe

2- anderson – 14 Mar kkkkk esse está um barato

3- ricardo – 14 Mar credo, esse menino!!!!!

4- Sr. – 14 Mar sai fora! é meio bizarro ler isso

5- Giovani – 14 Mar Ahá! Genial!
Ferpeitinho como um seio ao lado do outro.
Que tal numa próxima rodada do ezine?

Klotz disse...

6- Roberto Klotz – 14 Mar Numa próxima rodada?
Sai fora. Achei estas costas primeiro.
Não vai ter prá mais ninguém.
Pensa que vai entrar na fila só por que é presidente?

7- Lameque Hyde – 14 Mar Pô Roberto.. que é isso cara?
Hai Kai pornô uranista... aonde vamos parar?
hehehe... no mínimo divertido

8- Roberto Klotz – 14 Mar
Pô Lameque.. que é isso cara?
Não tem nada de uranista. Abracei uma deliciosa venusiana.
E foi muito ... divertido.

9- Roderick Usher – 14 Mar Parem de achar que todo poema sintético é hai kai.
Hai Kai na forma clássica - poema sem rima, sem título, linguagem simples e constituído de 3 versos que somados dão 17 sílabas (5 sílabas no primeiro verso, 7 no segundo e mais 5 no terceiro).
Hai Kai moderno criado por Guilherme de Almeida - com rima, métrica rígida, possui título e constituído igualmente por 3 versos que somados dão 17 sílabas.Porém a quinta sílaba do primeiro verso rima com a quinta do terceiro e o segundo verso possui uma rima interna (segunda sílaba com a sétima).
*bem mais difícil o segundo caso.
Foda-se e tal, mas não custa nada. Aprender nunca ocupou espaço.

Klotz disse...

10- Daniel – 14 Mar e eu nem sabia o que era rái cái.
Mas o texto é feio pra carai.

11- Me – 14 Mar Roberto, safadinho!
Eu sabia que por trás desse intelectual tinha um peão de rodeio, hummm

12- Me – 14 Mar Até esqueci do texto,rss
Genial!Molhei aqui!

13- Roberto Klotz – 14 Mar Por um momento até fiquei preocupado com a possibilidade de ter cometido um haicai. Juro por tudo o que há de mais sagrado. Sou inocente.
Aquelas três linhas não foram gozadas. Gozada ficou a cama.
Oh, meu Santo Deus! Como baixei o nível!

14- Ossip – 15 Mar
Hai Kai
O primeiro verso expressa algo permanente, eterno:
- O segundo, introduz uma novidade, um fenômeno;
- O terceiro e último, é a síntese;
O haikai é anti-retórico, liso e simples;
Isso deriva das categorias estéticas japonesas.
É Roberto, realmente você não tinha a menor pretensão de executar um hai kai, no máximo se levou por uma paródia libidinosa. Rs

15- jeandro – 15 Mar
Esse Roberto... muito bom, sem falar que vc fez o que eu ainda não consegui fazer, deixar a Me molhadinha. rsrsrsrsrrsrs.
Força sempre...

Muryel De Zoppa disse...

Fico com Gio.

 
Search Engine Optimisation
Search Engine Optimisation