24 janeiro 2007

Pirenópolis

Sábado completo. Perfeito. Com a namorada passeei em Pirenópolis.
Acordamos sem pressa e após uma gostosa espreguiçada ouvi a pergunta:
- Vamos a Pirenópolis?
- Só se for agora!
O relógio da cabeceira, com seus números vermelhos, indicava nove horas.
Brasília e Pirenópolis são tão próximos que a música do rádio só foi interrompida na altura do majestoso Salto Corumbá. Do acostamento, registramos o momento com a máquina digital. Percorremos mais algumas curvas da Serra dos Pirineus até chegarmos ao pavimento de pedras da cidade.
Encostamos o carro à beira do antigo presídio, bem junto à ponte cor de sangue do Rio das Almas. Trocamos as blusas por camisetas ecológicas, tomamos refrigerante e recebemos as informações para o passeio. Coisa leve, para abrir o apetite.
Sob o sol, caminhamos pela Estrada do Norte construída no século XVIII pelos negros escravos. A nos espiar estavam os troncos amarelos dos paus mulatos, árvores cujos troncos amarelos são tão lisos que não permitem a escalada pelos micos abundantes na região. A água gelada das cachoeiras acalmou nossos pés cansados e gargantas secas.
O retorno tranqüilo nos levou para a cidade acolhedora. Mil opções de culinárias variadas nos aguardavam. Forno à lenha, comida goiana, cozinha mineira, pizza do alemão, cozinha mediterrânea, crepe francês, sushi e sashimi, esculturas criativas nas frutas do self service.
A cada passo tínhamos que engolir a saliva que teimava em se manifestar a cada cheiro e a cada olhar.
A tradição, o regionalismo, o aconchego e a simplicidade nos conquistaram.
A leitura do cardápio foi saborosa com um dedal de água de alambique combinada com tiras de torresmo.
Peixe na telha, galinha à cabidela, frango com quiabo, arroz com pequi, feijão tropeiro, guariroba refogada, leitão à pururuca.
Na espera, a cerveja com véu de noiva fez companhia. O olho gordo comeu e se lambuzou todo. A ambulante adivinhou nossa hora e ofereceu opções biscoitos caseiros e frutas desidratadas como sobremesa. Pensamos em terminar com café passado na hora. Não acabou. O licor de pequi vai deixar saudades.
Não esperamos baixar a lombeira e a preguiça de uma refeição desapressada.
Tínhamos que retornar a Brasília para um compromisso noturno. Entramos no carro passamos em frente à Matriz de Nossa Senhora do Rosário, maltratada pelo pavoroso incêndio em 2002, apreciamos o azul do Theatro. Demos mais uma voltinha e... prevaleceu o prazer e o bom senso. Visitamos o orquidário, passeamos na praça do coreto, compramos uma lembrança. A Rua do Rosário esperava por nós. Aceitamos o convite e amamos loja por loja.
Vimos muito artesanato, cultura e criatividade. Cabeças de touro em papel machê, semente de baru torrada, cristais e prismas esotéricos, passadeiras de mesa feitos em teares manuais, ferro de passar esquentado a carvão, móveis rústicos de madeira retorcida do cerrado, colheres de pau-brasil, camisetas com flores do cerrado, tachos de cobre, porcelana portuguesa ao som de disco 78 rotações tocadas num gramofone dourado, quadros de pedigree com bacalhau. Ainda bem que reservamos um dinheirinho! Impossível retornar de mãos vazias.
O sol começou a se despedir. As mesas na rua começaram a ser freqüentadas pela juventude bronzeada. A música preencheu espaços.
A responsabilidade do retorno nos convocou. Deixamos para trás a certeza de breve retorno. Agora mais longo. Há inúmeras opções maravilhosas para dormir e sonhar. Ou sonhar e dormir.
Pirenópolis, até breve!

※※※※※

A Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário é a mais antiga do Estado de Goiás, foi construída por escravos no arraial de Meia Ponte, entre 1727 e 1738. Um grande incêndio destruiu a maior parte da igreja na noite de 5 de setembro de 2002. Com isso, imagens, paredes, pinturas do forro e parte do mobiliário foram seriamente comprometidos pelo fogo. Todo o telhado e uma das torres e todo telhado desabaram.
A igreja foi restaurada e entregue ao público em 30 de março de 2006.

5 comentários:

Me Morte disse...

Nossa, que passeio hein! Eu to adorando teu blog, vc pode não ser poeta mas escreve como ninguém.E pelo pouco que já li, deduzo ser iluminado.Além de ser adepto às pancadas que adoro,rsss
Já coloquei nos meus favoritos pois costumo dar pitacas sempre nos blogs dos amigos.Um super beijo

Klotz disse...

Comentários à respeito do texto “Pirenópolis” na comunidade Orkut “Pirenópolis”
09/07/2005 20:47 Cejane
Que bonito! Geralmente so vejo pessoas falarem em curtir a Rua do Lazer, se embebedar e rolar na ladeira...coisas assim. Agora quem conhece Pirenópolis sabe sentir o cheiro de frutas nos quintais, a fumaça nas chaminé das casas antigas e pode até ouvir o trotar dos cavalos remontando um passado tão presente. Amo Pirenóplis não somente por seu lazer, mas pelo seu povo, sua história e porque quem é ou mora lá tem o salutar hábito de abraçar o mundo e receber a todos como se fossem de casa.

07/09/2005 19:07 Karla
Achei linda a historia e devo concordar com a Cejane.É preciso saber aproveitar a energia q Pirinopolis no trasmite.Até breve tb.

muito bem 08/09/2005 11:51 Anônimo
roberto seu texto é lindo.
ainda bem que sabemos aproveitar essa cidadezinha que é encantadora neh!!

lindoooooooo 08/09/2005 12:17 Pollyana
Roberto seu texto realmente é contagiante
e olha que eu não conheço Piri
agora estou louca pra conhecer.

11/10/2005 20:36 Anônimo
Pirenópolis é legal.....
É BACANA, uma cidade que não pára....
Uma cidade que é linda por natureza...

Pirenópolis 13/11/2005 12:03 Cejane
Vejo que somos apaixonados por essa cidade. Sou bem íntima dela, pela família, amigos e muito que vivi lá.
Só uma observação: o nome é Pirenópolis. Já vi até placa de carro escrita Pirinópolis, fiquei brava. Piri é um apelido carinhoso, mas Pirenópolis é o seu nome. Bjs

poxa! valeu! 13/11/2005 12:16 Júlia ॐ
nem sabia que os turistas se amarrvam tanto em vir pra ca... muitos so vem pra zoar e nem sabem o que piri tem de bom!
eu moro aqui ha quatro anos, to feliz de saber que existem pessoas que sabem valorizar asta cidadezinha que esta precisando de uma ajudinha.. pois a exploração e o turismo irresponsavel trazem riscos para o patrimonio natural e cultural.
pessoas como voce sempre serão bem vindas aqui!
valeu!

Pisei no tumate 13/11/2005 15:26 Klotz
Cejane você tem toda razão. Tentei corrigir de imediato mas depois de postado não há como corrigir. Fiquei vermelho de vergonha, igual a um tomate.

Que nada 15/11/2005 04:17 Cejane
Sou meio chatinha com essas coisas, inclusive com meu nome que sai com R, S, D...mas um dia recebi uma msg. dizendo que não devemos ser intolerantes com pequenas coisas que não nos prejudica. Devemos ser intolerantes sim, com aquilo que fere a nossa integridade. Não fique "vexado". Toda forma de comunicação é válida. Eu é que devo desculpas.
Eu babo por Pirenópolis. Meus pais nasceram, casaram e tiveram os primeiros filhos lá e desde pequena eu ia nas férias me fartar de brincar no rio, nos quintais. Anos depois acabei me mudando e quem se divertiu foram os meus filhos. Quem me conhece sabe como sou bairrista por amor à cidade, à tradição. Pq Piri é tudo de bom. Abçs.

Klotz disse...

Mais comentários à respeito do texto “Pirenópolis” na comunidade Orkut “Pirenópolis”
14/01/2006 14:11 Claudio Jr
Sou de Goiania, mas estou fora do Brasil no momento.
Quando retornar, penso em me mudar pra Piri, uma casinha simples no pe de alguma das muitas serras existentes por la...
Frequento essa cidade ha alguns anos e confesso que me encantei. Enquanto estava no Brasil, sempre aproveitava os feriados para visitar as cachoeiras, ou quanto o tempo era meio curto, apenas relaxar na casa do amigo Jheovah, e aproveitar os finais de tarde na rua do lazer.
Escolhi Pirenopolis para morar, mas ficaria feliz se voces, filhos, moradores e frequentadores conscientes, que sao os donos da cidade, permitissem que ela me adotasse, pois gostaria de me tornar filho dela tambem.
Ate breve !

piri 12/04/2006 07:29 Anônimo
GOSTEI DO QUE DISSE.
PIRI É ISSO AI!
E MUITO MAIS...

Perfeito Roberto!!!!!! 12/04/2006 16:00 Jeovânia
Piri tem um astral incrível...só quem conhece sabe o quanto é bom curtir esse lugar.

falou e disse... 22/05/2006 11:15 Giiiiiiiii
Piri é um lugar mágico!!!!
sempre que posso, passo por lá...

25/05/2006 18:35 Daiene
Adoro a cidade o pessoal q la moram e os visitantes q sabem respeitar! É uma cidade linda, as ruas o vento, tudo é diferente é de outro mundo vc olha p vida com mais amor, mais vontade la..
Estou quaser voltando la ..
Mes q vem to la, julho, volto lá, setembro to lá, outubro vou lá, e ferias, q isso posso mudar p ai ja?
Só se for com a permição da familia.. Pq os abitantes dai sim são uma familia. E axo correto p entra pedi autorização!
ok?
bjus

26/05/2006 09:32 Thais
Conheci Piri nesse Carnaval, e me apaixonei pela cidade!! É incrivel como a gente se sente bem, pareçe que o ar é mais puro, que o céu é mais azul, que as aves são mais felizes...enfim me senti num cenário de novela com tanta perfeição!! Sem duvida é o lugar mais bonito que conheci, e é tmbém um lugar otimo pra se pensar em viver quando se ama a natureza, quando se respeita ao proximo e quando se tem paz e amor no coração!!!!
Pirinópolis me aguarde pois com certeza volto aí!!!!!
BJinhos!!!!!!!!!!!!!!!

É tudo isto e muito + 28/06/2006 15:53 Ginair
As palavras não são suficiente para expressas o carisma que esta cidade possue, todos que a conhece encanta, nos goianos temos este previlegio que precisamos valorizar mais e mais.
Não entendi o porque de proibirem churrasqueiras naquela área pública entre as duas pontes, acredito que se fizessem churrasqueiras públicas aquela area seria mais bem usada, e não obrigariam os turistas e irem para os restaurantes que sempre ja estão lotados.

29/06/2006 06:20 ##@ninh@ M@ur@##
Sou de Jataí mais estive em Pirenópolis ano passado, é realmente uma cidade linda!

08/07/2006 07:17 *Vilminha@*
hum!!!!

23/07/2006 20:26 Anna Paula
Já vi que o pessoal aqui é realmente apaixonado por Pirenópolis...

Klotz disse...

Mais comentários à respeito do texto “Pirenópolis” na comunidade Orkut “Pirenópolis”

10/08/2006 21:44 Cinthia
vc soube traduzir o que é um dia em piri de forma encantadora!

28/11/06 Wallace 웃
Pirenopolis é demais mesmo...
Sou de brasilia mas
quero morar lah!!

01/12/06 Patrícia
inté
Vivi em Piri por um mês, resolvi prestar o vestibular da UEG para Tecnólogo em Turismo, passei, fiz vários projetos, mas não deu certo...Mas desde que conheci a cidade, em 1998, nunca fiquei um ano sem ir, restarurar as energias tem de ser aí!!!
Torço para que a faculdade se torne referência, que os estudantes contribuam para um Turismo Sustentável e Responsável!!
Pirenópolis, eu te amo!!
Roberto, adorei seu texto, pessoas, adorei seus comentários!!

02/12/06 MARCÍLIO NOVAES
Presado ROBERTO KLOTZ!
Parabéns pelo seu texto. Que é uma verdadeira DECLARAÇÃO DE AMOR a VIDA, a Nossa Querida PIRI.
" Fácil, é ser colega
fazer companhia a alguém,
dizer o que ele deseja ouvir.
Difícil, é ser amigo
para todas as horas e
dizer sempre a verdade
quando for preciso."

Carlos Drummond de Andrade

02/12/06 Klotz
Obrigado por suas palavras gentis, Marcílio.
É muito fácil gostar de Pirenóplois, basta ficar 5 minutos, é altamente contagiante!

17/02/2007 Beatriz
Se passando um dia você sentiu tudo isso, imagina o que significa para mim que moro há 18 anos aqui. Morava e trabalhava em São Paulo por muitos anos. Um dia, estressada com a agitação e totalmente esgotada, abri um mapa do Brasil, fechei os olhos e pedi a Deus um lugar onde pudesse passar o resto de meus dias em paz e feliz. Ele me atendeu e apontou meu dedo para Pirenópolis! Nunca tinha ouvido falar! Vim conferir e era exatamente como eu sonhara o meu Paraíso!Vendi meu apartamento e vim. Logo fiz amizade com pessoas daqui que me ajudaram a achar uma casa. E aqui estou. Tudo o que foi dito por vocês é exatamente o que Pirenópolis é. Natureza maravilhosa, povo hospitaleiro e amigo. Um pedacinho do Céu!

18 Fev 2007 Flavinho
Pirinopolis e massa
E massa pq tem muita sacanagem por lah, carnaval estou ai fui!

17 Abr 2007 Deise
Roberto,
realmente concordo com vosso texto, brilhante, bem a verdade explícita em rede mundial.

Anônimo disse...

Pirinópolis vai estar sempre no coração lembranças lindas antes mesmo de ser tonar tão aconchegante e turística. Encatadora a cidade e suas palavras.Beijo

 
Search Engine Optimisation
Search Engine Optimisation