06 janeiro 2010

Cordel para Roberto Klotz



Revolucionou a própria vida:

Disse basta ao mesmismo...

Deu adeus ao desrespeito:

Ao vício do tabagismo...

Deu um chute na grosseria:

E um chapéu no consumismo...


Maltratado no trabalho:

Pela vã burrocracia...

Não aguentava a empáfia:

No ambiente em que vivia...

Deu um salto para o alto:

Foi em busca da poesia...


Deu-se o segundo basta:

Desentragou a fumaça...

35 anos de estragos:

De uma vida sem graça...

Quer respirar o infinito:

Só para fazer pirraça...


Desgatado o casamento:

Era o terceiro basta...

Desnudou-se da tristeza:

De uma vivência gasta...

Casamento sem amor:

A amizade desgasta...


Vestiu um terno de alegria:

Vida nova começou...

Escreverteu a fantasia:

Seu sonho proliferou...

Aos 50, vida nova:

Nave-pássaro avoou...


O que não queria sabia:

Escritor em construção...

Vendeu a casa já feita:

Mobiliou seu coração...

Desapertou a sua alma:

No apê da imensidão...


Conta a sua própria história:

A vida revolucionou...

Disse basta ao que vivia:

Por muito tempo tragou...

Agora destraga o tempo:

Transpira o tempo que passou...


Paulistano de batismo:

Candango de coração...

Técnica bem humorada:

Expert na criação...

Crônica, conto, poesia:

Sua mente é um vulcão...


Linguajar leve e dinâmico:

Critica se necessário...

Sarcasma e ironiza:

É pensador visionário...

Cria com engenharia:

Cimenta o vocabulário...


Nasceu no século passado:

Trabalhou como engenheiro...

Despertou o escritor:

Acordou o batuqueiro...

Sambeia com as palavras:

Grita para o mundo inteiro...


Ano 2003:

Despetala o escritor...

Um girassol desbrocha:

Avoave beija-flor...

Klotz a palavra navega:

Dá vida ao trovador...


O Dr. Drauzio Varella:

Texto de Klotz publicou...

Incorporou em seu site:

A sua arte divulgou...

Companheiro abandonado:

Que o fumante deixou...


Três livros de crônicas:

"von Silva"...Quase pisei!

Fez Pepino e farofa:

A sua prosa é de lei...

Sábio é quem afirma:

"Só eu sei que nada sei"...


Aos 50, jamais cozinhou:

Obra de caricatura...

Chapéu de mestre-cuca:

Gastronomia,leitura...

Klotz ziguezagueante:

Enxerga na noite escura...


Entusiasmo - Alegria:

A criação libertada...

Primeira pessoa do singular:

Narrativa na jornada...

A vida está na rua:

No percurso da estrada...


Klotz escrevive conversa:

Surpreende o leitor...

Com leveza interpreta:

Quase Pisei! bom humor...

Exercita o pensamento:

Com instinto gozador...


Gustavo Dourado

http://www.blogger.com/www.gustavodourado.com.br

5 comentários:

his disse...

Te vi em cada linha.
Parabens para o escritor,
que tão bem conhece seus passos.
Adorei
bjs

Gean disse...

Inspiradora a saga do Klotz!

Klotz disse...

Sou uma pessoa grata por reconhecerem e externarem resultados do meu investimento e integral à escrita.

® Copyright 2009 disse...

Muito, muito, muito bom.
Adorei a musicalidade e ritmo da poesia!
Mas que bela homenagem! Meus parabéns por ser assim e ainda por receber reconhecimento de artistas da palavra de uma maneira tão bela.

Giovani Iemini disse...

tá comendo o gustavo, klotz?
hehehe.

 
Search Engine Optimisation
Search Engine Optimisation