21 março 2009

Ignácio de Loyola Brandão

Ignácio de Loyola Brandão se apresentou no dia 19/03/09 no T-Bone, Açougue Cultural.

Para quem não o conhece, devo dizer que se trata de um dos expoentes da nossa literatura com mais de 30 títulos, incluindo o romance O Menino que Vendia Palavras, vencedor do Prêmio Jabuti de melhor livro de ficção do ano de 2008.

Depois da palestra procurei-o para solicitar uma dedicatória no fantástico livro autobiográfico, Veia bailarina onde relata o drama de uma cirurgia bem sucedida d 11 horas contra um aneurisma cerebral.

Ofereci o meu recém lançado livro Pepino e farofa. Para minha surpresa, Ignácio levou o livro ao nariz para aspirar os aromas das minhas aventuras culinárias.

Os cronistas sempre enriquecem fatos e imagens. Não é mesmo, mestre?

*****

Por enquanto a venda de Pepino e farofa será direta, do autor para o leitor.

O livro custa R$ 28,00 para entregas no Plano Piloto em Brasília.

Para todos os outros lugares do Brasil, com a postagem, custa R$ 30,50

2 exemplares na mesma remessa saem por R$ 59,80

3 exemplares na mesma remessa saem por R$ 89,40

Para saber quem efetuou os depósitos acrescentarei alguns centavos identificando o número do pedido.

Faça seu pedido através do e-mail r-klotz@uol.com.br, fornecendo a quantidade desejada, o endereço para a entrega e nome para a dedicatória, se desejar.

Darei o retorno informando o valor exato e fornecendo conta corrente do BB para crédito bancário.




6 comentários:

his disse...

Roberto,
Que fotos maravilhosas. Mostra a magia que os odores trazem ao nosso subconciente. O seu livro é perfumado pelos textos. Concordo com ele. Dois prazeres ao se pegar na mão um livro virgem. Cheirar e passar a mão nas folhas novinhas, sem marcas. Parabens. Grande reconhecimento. bjs HIS

Larissa Marques disse...

Klotz,
Hum cheirinho bom de livro novo e o seu vem co cheiro bom de boa escrita!

Larissa Marques disse...

PS.: só gente bonita em seu lançamento, não?

Glauber Vieira disse...

O evento realmente foi bom, considero Ignácio um dos melhores escritores do país.

Quanto as fotos, realmente ficaram muito bacanas, rsrsr

Klotz disse...

A fotos realmente ficaram ótimas. O momento captado foi ímpar. Nem sequer um escritor do porte de Ignácio seria capaz de captar e expor o sentimento de forma tão sublime.
Obrigado Gláuber. Você disparou os flashes nas horas certas.

Patrícia Del Rey disse...

=]

 
Search Engine Optimisation
Search Engine Optimisation